por Daniel Junqueira

Pokémon Go fez um baita sucesso quando foi lançado, mas o tempo passa e o jogo começa a dar os primeiros sinais de estabilização da sua base de usuários. Ele não faz mais tanto barulho quanto antes, é verdade, mas isso não significa que esteja em decadência.

Pokémon Go: o guia completo para se tornar um mestre no jogo
Como se livrar de qualquer menção ao Pokémon Go

Alguns dados divulgados pela Bloomberg mostram que, depois da explosão inicial do lançamento, Pokémon Go seguiu crescendo em número de jogadores ativos diariamente até atingir um pico próximo a 45 milhões de jogadores em meados de julho.

pokemon-grafico-2

Depois disso, a base de usuários começou a cair até as cerca de 30 milhões de pessoas que jogam Pokémon Go todos os dias atualmente. Ainda é muita gente.

A mesma tendência pode ser vista no engajamento dos jogadores de Pokémon Go, mas com uma diferença. O lançamento do jogo no Brasil no começo de agosto fez o engajamento explodir inicialmente, mas logo entrar em declínio – hoje, ele está em um patamar superior ao que estava antes do jogo chegar por aqui.

pokemon-grafico-1

Mas não significa que Pokémon Go esteja em decadência – muito pelo contrário, é natural que as coisas estejam desse jeito.

Com o passar do tempo, algumas pessoas conseguem conquistar tudo (ou quase) o que o jogo oferece e ficam sem desafio, e aí acabam deixando Pokémon Go de lado. Outros se cansam pela dificuldade em conseguir avançar. Alguns simplesmente enjoam depois de alguns dias. É cedo para dizer que o quadro de declínio é irreversível – a Niantic sabe muito bem do que pode fazer para melhorar essa situação.

Líderes ganham mais utilidade

lideres

A Niantic pode reverter esse quadro de declínio de maneira bem simples: é só disponibilizar mais conteúdo para o jogo, o que eles já prometeram que vão fazer.

No futuro, Pokémon Go vai receber recursos como troca de Pokémon entre amigos e também novos monstros para capturar – isso deve resgatar o interesse de alguns usuários que já abandonaram o jogo, além de chamar a atenção de quem não começou a jogar.

E o pessoal de lá está se mexendo: uma nova atualização começou a ser liberada e dá um pouco mais de profundidade para os líderes das equipes. Candela, Blanche e Spark defendem, respectivamente, os times Valor, Mystic e Instinct.

Eles vão atuar nas batalhas de ginásio: quando um ginásio for desafiado, o líder da equipe que você escolheu vai analisar as características dos monstros que defendem o ginásio para indicar quais das suas criaturas podem ser mais úteis na batalha.

As novidades se encontram na versão 0.35.0 de Pokémon Go para Android e na versão 1.5.0 de iOS – se você ainda não recebeu os recursos, vai receber em breve.

[Bloomberg, Niantic]

Foto do topo por Flávio Oota