Firefox comemora dez anos fazendo de tudo para proteger sua privacidade

Há dez anos, em 9 de novembro de 2004, a Mozilla lançava a versão 1.0 do Firefox. Nesse meio tempo, ele enfrentou a concorrência do IE 6 e Google Chrome.

Há dez anos, em 9 de novembro de 2004, a Mozilla lançava a versão 1.0 do Firefox. Ele evoluiu bastante nesse meio tempo, enfrentando a forte concorrência do Internet Explorer e Google Chrome. Para comemorar o aniversário, a Mozilla anunciou diversas iniciativas para defender sua privacidade.

Isto parece uma tarefa difícil em tempos pós-Snowden, mas é o que diferencia o Firefox de outros navegadores que coletam informações sobre você.

E, pelo visto, é algo que os usuários querem: uma pesquisa encomendada pela Mozilla aponta que 74% das pessoas acha que empresas de internet sabem muito sobre elas, e 54% fizeram algo online que gostariam que fosse esquecido. A pesquisa global foi feita no Brasil, Índia, Alemanha, França, Espanha e Grã-Bretanha.

Para evitar que você seja bisbilhotado, a Mozilla anunciou as seguintes novidades para o navegador:

Para desenvolvedores

A Mozilla também anunciou o Firefox Developer Edition, voltado para desenvolvedores web. Ele tem ferramentas para simular outros navegadores – por exemplo, Chrome para Android e Safari para iOS – e testar como eles rodarão as páginas web. Funciona assim:

Andreas Gal, diretor técnico da Mozilla, reuniu as principais tecnologias que a organização criou – e está criando – para a web. Por exemplo, eles foram os responsáveis pelo WebGL, que permite ao navegador renderizar imagens 3D sem plugins.

Eles também estão trabalhando no WebRTC (para videochamadas sem plugins) e em uma API para reconhecimento de voz com o brasileiro André Natal.

O Firefox foi uma salvação para a web ao romper o monopólio do Internet Explorer 6, mas a missão dele ainda não acabou. Como diz Chris Beard, CEO da Mozilla: “nós não terminamos… estamos apenas começando”. Você pode baixar o Firefox aqui. [Mozilla Blog]

Imagem do Mozilla 1.0 via Wikipédia

Sair da versão mobile