Nós ainda não temos certeza dos motivos disso, mas um auto-denominado “fanático por padrões Web” chamado Mathias Bynens descobriu que o Facebook e o Instagram estão fazendo versões artísticas em ASCII de quase todas as fotos que você enviou — e acessar estas versões estilizadas é bem fácil.

À esquerda, vemos a editora-chefe do Gizmodo EUA, Katie Drummond, testando o Oculus Rift na CES no começo deste ano; à direita, vemos a versão retrô em ASCII da mesma imagem, numa resolução comparável à que você encontraria nos primórdios da internet.



fb ascii 2

Para acessar as versões ASCII editáveis das suas fotos do Facebook ou do Instagram, primeiro você precisa da URL específica da imagem. Depois, acrescente .txt depois de .jpg para ter uma versão ASCII básica, em preto e branco, ou acrescente .html para uma versão colorida e mais elaborada.

Por exemplo:

https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xpt1/t31.0-8/12471702_979324448772728_6215197200232581270_o.jpg.txt

e

https://fbcdn-sphotos-g-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xpt1/t31.0-8/12471702_979324448772728_6215197200232581270_o.jpg.html

Agora, o porquê de o Facebook estar fazendo isso com todas as fotos enviadas ainda é desconhecido. É improvável que seja uma tentativa de tornar as imagens acessíveis para aparelhos muito antigos, ou ainda um jeito de disponibilizar o conteúdo do site para países com acesso limitado à internet.

[Mathias Bynens via SlashGear]

fb ascii 3