Captar um céu escuro é difícil pelo fato de boa parte das áreas urbanas e algumas rurais estarem iluminadas. Porém, este projeto fotográfico realizado em Altiplano, no Salar de Uyuni (Bolívia), a maior planície de sal do mundo, conseguiu captar imagens impressionantes nas quais o céu reflete o céu.

Estas fotos mostram Nova York por uma perspectiva submersa
As melhores fotos de astronomia do ano vão te levar para outra dimensão

Daniel Kordan, um fotógrafo que também estuda física, e uma equipe de fotógrafos viajaram para o deserto boliviano para captar essas belas imagens. A equipe gastou quase uma semana para se aclimatar à altitude antes de ir para o platô — que tem altitude de 3.600 metros acima do nível do mar.

Via e-mail, Kordan detalhou um pouco sua jornada, incluindo os perigos de se dirigir numa planície de sal à noite. Eles traçaram uma rota até o local durante o dia e seguiram com a ajuda de um GPS durante a noite.

Clique aqui para ver as imagens em tamanho ampliado.

“Você literalmente não consegue ver nada. É quase como se você estivesse em um túnel completamente escuro e dirigindo um carro”, disse ele. “Você sente que seu carro vai te colocar em algum problema com a água ou com o sal. É muito fácil ficar atolado em uma superfície tão perigosa.”

A viagem, no entanto, valeu a pena, pois os resultados são inacreditáveis. A planície de sal praticamente refletiu o céu noturno.

“Era difícil de acreditar com nossos olhos e sentidos no que estávamos presenciando”, escreveu Kordan. “Parecia que estávamos flutuando no espaço aberto. Nossa espaçonave estava estacionada em um lugar próximo, e as estrelas estavam piscando nas cores azul, vermelho e amarelo…é um espaço na Terra, não?”

Kordan usou uma câmera astrofísica, por isso as cores. As imagens foram então emendadas com o PTGui (um software que auxilia nessa tarefa) e editadas no Photoshop.

Você pode ver mais registro dele no site danielkordan.com

Todas as fotos por Daniel Kordan