Os caras do TechOn não se contentaram em manusear o celular G1 – eles queriam fuçar suas entranhas também. Logo encontraram um obstáculo: dois parafusos não saíam, então eles tiveram que forçar o invólucro. Por dentro, revelou-se aquela clássica bagunça de circuitos e fios, com duas pequenas surpresas: o módulo do trackball é o mesmo utilizado pela RIM em seus BlackBerrys, e há dois motores para o vibrador – um na metade da tele, outro no módulo do teclado. Talvez os engenheiros da HTC curtam um pouco de vibração a mais. Confiram algumas fotos abaixo e o vídeo no site do TechOn.

g1teardown1g1teardown2g1teardown3g1teardown4