O pesadelo Galaxy Note 7 está ficando ainda pior para a Samsung. A companhia informou que espera perder US$ 2,3 bilhões em lucros no trimestre por causa do desastroso lançamento do aparelho e pelo recall das unidades do dispositivo.

Já era: a Samsung vai parar de fazer o Galaxy Note 7 em definitivo
Samsung se precipitou com o Galaxy Note 7 para contra-atacar novo iPhone, diz Bloomberg

Segundo o The Wall Street Journal:

Como reflexo de um aprofundamento do impacto financeiro causado pela crise de segurança de seu produto, a gigante sul-coreana de tecnologia apresentou redução de lucro operacional para o trimestre, que termina em 30 de setembro, para 5,2 trilhões de wons coreanos (cerca de US$ 4,6 milhões), quando a estimativa original era de 7,8 trilhões de wons coreanos.

Outra expectativa que foi diminuída pela empresa foram os lucros operacionais, que devem ser reduzidos para um terço. A receita também vai ser afetada com uma expectativa de 47 trilhões de wons (cerca de US$ 1,77 bilhão), quando o esperado era 49 trilhões de wons.

Este é apenas o custo direto do pesadelo — os gastos de começar/interromper a produção e recolher os aparelhos. As estimativas da empresa não levam em consideração o dano à marca ou potenciais processos por causa deste desastre corporativo. O The Wall Street Journal diz que especialistas esperam que isso custe cerca de US$ 4 bilhões, após contabilizar a perda de vendas e as despesas do recall. Isso ainda significa que a divisão móvel da Samsung apresente perda trimestral pela primeira vez desde 2011.

As ações da Samsung caíram mais de 10% dos últimos três dias, enxugando o valor de mercado da empresa em mais de US$ 18 bilhões.

[Wall Street Journal]

Foto do topo: Reddit.com/Crushader