O novos Galaxy S8 e S8 Plus podem ser desbloqueados de seis maneiras: com um simples deslizar sobre a tela, PIN, senha, reconhecimento de íris, impressão digital ou reconhecimento facial. Acontece que este último método não é muito seguro: o pessoal do blog Marcianophone conseguiu burlar o sistema com uma simples fotografia.

Quando o Android 4.0 Ice Cream Sandwich foi lançado, o reconhecimento facial era uma das opções de desbloqueio disponíveis. Além de ter problemas na autenticação com variação de iluminação dos ambientes, o recurso também tinha essa mesma brecha. O Google até tentou corrigir, exigindo que as pessoas piscassem, mas sempre existiram maneiras de enganar o software.

• Galaxy S8 e S8 Plus: tudo que você precisa saber sobre os novos smartphones da Samsung

Então, fica a dica (que a própria Samsung deu): esta não é a maneira mais recomendável de proteger seu smartphone. Ela é tão falha que a companhia sul-coreana não permite utilizá-la para autenticar pagamentos no Samsung Pay. Fica também o questionamento: com tantas opções seguras, por que disponibilizar esta?

As unidades que estão nas mãos dos veículos de imprensa não rodam a versão final do sistema, então pode ser que a Samsung corrija o erro até o lançamento comercial do Galaxy S8, no dia 21 de abril.

[Ars Technica]

Imagem do topo: Alex Cranz/Gizmodo