O Google fez uma parceria com o Facebook, a Pacific Light Data Communications e o TE Subcom para instalar um cabo submarino super rápido, conectando Los Angeles e Hong Kong.

• Estamos chegando muito perto de uma conexão de internet com velocidades em terabits
• Eis o que há por dentro de um cabo de dados submarino



Segundo o Google, esse é o primeiro cabo submarino de alta capacidade que irá conectar diretamente os dois locais. O quão rápido é o sistema? O Google Blog conta:

O Pacific Light Cable Network (PLCN) terá 12.800 km de fibra e uma capacidade estimada de 120 Tbps, o que o tornará o sistema com maior capacidade na rota trans-pacífica, um recorde que atualmente é de outro sistema apoiado pelo Google, o FASTER. Em outras palavras, o PLCN irá oferecer capacidade o suficiente para Hong Kong realizar 80 milhões de chamadas de vídeo simultâneas com Los Angeles – um exemplo da capacidade do Google Cloud Platform, que tem o maior backbone entre todos os provedores públicos de nuvem.

Enviar dados a 120 Tbps entre Hong Kong e Los Angeles não é nada fácil. O cabo submarino que a Microsoft e o Facebook estão instalando entre a Virginia e Espanha é mais rápido, mas a distância é quase a metade.

cabo-submarino-google-facebookImagem: Google.

O Google agora tem participação em seis cabos submarinos. Cada vez mais, as empresas de tecnologias estão investindo nesse tipo de infraestrutura, já que os backends que as companhias querem oferecer para os usuários precisam ser conexões rápidas e estáveis. Além disso, mais banda pode significar que mais pessoas em Hong Kong assistam vídeos do YouTube a partir dos servidores de Los Angeles com uma velocidade maior.

[Google]

Imagem do topo: FopNews.