Hoje, 15 anos após o lançamento do Google, o vice-presidente sênior de busca da empresa, Amit Singhal, nos falou sobre os rumos atuais da gigantes das buscas. Não é exatamente surpreendente que o foco primário esteja na capacidade do motor de entender o que você quer, não importa o jeito que você fale.

Respostas

O Knowledge graph – a mais recente adição ao motor sabe-tudo do Google – está crescendo. Você pode dizer, por exemplo “Fale sobre pintores impressionistas” e ele vai apresentar um esquema para você observar diferentes tipos de impressionismo. Clique em cubismo, e veja um pouco sobre Picasso. Na essência, ele está adicionando mais camadas.

ku-xlarge (4)

Você também pode usar isso para fazer comparações. Você pode, por exemplo, dizer “Compare azeite de oliva e óleo de coco” para encontrar uma comparação com informações nutricionais. Também dá para comparar planetas, e praticamente qualquer coisa.

Isso está sendo adicionado ao app Google Search, que vai ser atualizado tanto no Android quanto no iOS. Notificações push serão a novidade no iOS, e é algo que muitas pessoas pediam. Isso significa que será possível definir lembretes. “Lembe-me de comprar fraldas quando estiver na rua”, e ele vai lembrar. É bem conveniente.

ku-xlarge (5)

Atualização no motor

O Google mudou mais uma vez a forma como o seu motor funciona. Caffeine era o nome do último algoritmo de busca. Nos últimos meses, ele foi substituído pelo Hummingbird. O Hummingbird é uma mudança bem profunda de como o Google Search indexa as páginas da web. Ele lê as páginas de maneira diferente, e se esforça para uma compreensão mais contextual do que está escrito nela. Qual a sua relevância, o seu significado, e como se relaciona com outras páginas.

Esse tipo de mudança era necessária. Afinal, se estamos fazendo perguntas ao Google do mesmo jeito que perguntamos a outros humanos, o motor de busca precisa ter um entendimento mais humano das informações. Sim, é um pouco assustador, mas – em teoria – deve oferecer resultados mais precisos para as nossas questões cada vez mais complexas.

Você pode ler mais sobre as atualizações no blog do Google Search.