Para aqueles que valorizam a privacidade, o modo Anônimo, do Chrome, pode oferecer pelo menos alguma tranquilidade extra durante as sessões de navegação. Mas alguns sites podem saber que você está tentando acessá-los no Anônimo, e o Google pretende impedir isso.

O 9to5Google informou recentemente que o Google está planejando dificultar para que os sites vejam que os usuários estão utilizando o modo Anônimo. Uma forma de os programadores verem que você está utilizando a função é tentando usar a API “FileSystem”, que permite a criação de arquivos permanentes e, de outra forma, é desativada durante a utilização do modo Anônimo, de acordo com o 9to5Google:

Obviamente, conseguir detectar tão facilmente se um usuário do Chrome está atualmente no Anônimo não era a intenção do Google. Uma série de commits recentes no gerenciamento do código fonte do Chromium Gerrit revela que o Google está finalmente tentando resolver isso, mesmo estando consciente do problema há anos.

Basicamente, quando solicitado sobre um sistema de arquivos enquanto no Anônimo, o Chrome irá criar um sistema virtual usando RAM, para garantir que ele seja totalmente excluído quando você sair do Anônimo. Isso deve desligar facilmente todos os métodos atuais para detectar se o Chrome está no Anônimo.

Em 2017, o Ars Technica apontou que o jornal Boston Globe estava alertando os usuários do Chrome que sabia que eles estavam tentando acessar o site usando o modo Anônimo. O veículo lhes apresentava a seguinte escolha: inicie uma sessão na sua conta de assinante e potencialmente permita que o Boston Globe tenha acesso a parte do seu comportamento na web ou não leia o que você estava tentando ler.

Alexei Miagkov, da Electronic Frontier Foundation, disse ao Ars Technica na época que ele não sabia de outros sites que adotavam a medida, mas o 9to5Google observou que os desenvolvedores já sabiam da solução alternativa há algum tempo. E, se você optar por entrar em uma conta enquanto estiver no Anônimo, segundo Miagkov disse, “você torna mais fácil para os sites te rastrearem, construindo seus perfis de usuário (para publicidade)”.

O 9to5Google disse ter obtido um documento interno indicando que o Google planeja remover a API FileSystem caso descubra que ela está sendo usada principalmente com a finalidade de detectar o modo Anônimo. O site também informou que a solução deve chegar primeiro como um recurso experimental no Chrome 74, lançado em abril, antes de potencialmente se tornar uma configuração padrão no Chrome 76 ou posterior.

[9to5Google]