Enquanto a Apple sempre teve seu iTunes para os usuários de iOS curtirem podcasts, o Google nunca teve o mesmo para Android. E é um negócio importante, considerando que o app da Apple sempre foi a plataforma que os produtores usavam para divulgar oficialmente seu conteúdo. Agora, no entanto, o Google corre atrás do tempo perdido, apresentando o Podcasts.

• Google atualiza personalização de anúncios e nos lembra de que é possível desativar isso
• O Google Tradutor ficará mais esperto mesmo quando você estiver offline

O Google Podcasts foi lançado nesta terça-feira (19) e já está disponível em todo o mundo, na Play Store. Ele vem integrado com o Google Assistente e, segundo a companhia, é “projetado para facilitar mais do que nunca” a descoberta de podcasts por parte dos usuários.

App possibilita ouvir podcasts já a partir do app de pesquisas (Imagem: Google)

Além dos podcasts mais conhecidos (segundo o Google, “todos os podcasts” estão disponíveis), o novo app usa inteligência artificial para trazer recomendações precisas de acordo com seus hábitos de audição, como interesse em esportes ou em uma rede particular de produção de podcasts.

O Google Podcasts conta com sincronização em diversos produtos da empresa, possibilitando, por exemplo, que você comece a ouvir um podcast no smartphone, a caminho de casa, terminando de acompanhar o episódio ao chegar em casa, no Google Home.

App permite que você retome podcasts em qualquer dispositivo Google (Imagem: Google)

Por fim, o Google afirma ter um compromisso com a maior diversidade na produção de conteúdo em podcast. Segundo a empresa, nos EUA, apenas um quarto dos podcasts mais populares são apresentados por mulheres, proporção que é ainda menor para “pessoas de cor”. Para isso, apesar da escassez de informações, a companhia diz que fará parcerias com a indústria de podcast, com o objetivo de “possibilitar o desenvolvimento de habilidades e experimentação de vozes subrepresentadas, assim como cultivar ideias e processos que possam escalar pela indústria”

Quanto ao futuro do app, o Google afirma que podemos esperar novidades trazidas pela inteligência artificial, como um recurso de transcrição automática do conteúdo conforme você ouve os programas. Tudo muito empolgante no papel, mas esperemos para ver como a empresa se sai nesta nova empreitada.

[Google]

Imagem do topo: Google