Quando foi anunciado o Nexus Q, a orbe de US$299 para streaming de mídia, o Google declarou que ele é feito quase inteiramente de peças “made in USA” – sem importar da China, como quase todos fazem. Já que o iFixit adora desmontar gadgets, eles resolveram verificar se isso é mesmo verdade.

O iFixit tentou descobrir de quais países vem cada peça. É uma tarefa difícil, mas segundo eles a maioria das peças pode mesmo vir dos EUA. Sim, alguns componentes – como a antena NFC e porta Ethernet – com certeza vêm de fora. Na verdade, uma das peças tem o selo “made in Thailand”. Mas parece que o Nexus Q não é mera obra de montadora: as peças são realmente do país.

Por que isto é importante? Porque revela como algumas empresas estão deixando a China para fabricar seus produtos, segundo o New York Times: o Google pode estar começando uma retomada geral da produção “made in USA”. Caso a China se torne um lugar caro para produzir, poderíamos ter até mesmo uma produção maior no Brasil – a Foxconn, por exemplo, já está aqui.

Mas se o mesmo acontecesse no Brasil, você pagaria caro por um produto realmente nacional? Enquanto o tablet Nexus foi muito bem-recebido – em parte por seu preço matador – o Nexus Q foi mal-avaliado em reviews, por ser muito limitado e custar caro. O Google diz ao NYT que o preço alto vem dos custos maiores em produzir nos EUA, e espera que os consumidores estejam dispostos a pagar mais. Você estaria disposto? [iFixit]