O Apple Pay foi lançado em outubro nos EUA e é um sucesso, dominando 67% do volume de pagamentos móveis no país. Agora, parece que o Google está testando um concorrente que dispensa o NFC e usa Bluetooth.

>>> Sem querer, Apple vai ajudar o Google a nos trazer o futuro do dinheiro

Na verdade, o Google chegou bem antes ao mercado de pagamentos móveis: o Wallet foi lançado em 2011. Assim como o Apple Pay, ele usa NFC para estabelecer uma conexão entre seu smartphone e o terminal da loja, e assim transferir o dinheiro. Infelizmente, o serviço do Google nunca pegou.

Por isso, a empresa estaria testando uma alternativa. Segundo o The Information, o projeto – codinome “Plaso” – não requer NFC: em vez disso, ele usa Bluetooth e suas iniciais para avisar que você está por perto.

Como funciona? O PocketNow explica:

O smartphone de um usuário do Plaso usaria Bluetooth para transmitir sua presença para as lojas nas proximidades. Por sua vez, essas lojas veriam uma lista de iniciais que identificam os usuários do Plaso. Na hora de pagar, você diria ao caixa suas iniciais, que poderiam então ser comparadas com a lista de usuários do Plaso na área. Depois de verificar sua identidade, a loja autorizaria a compra.

A conexão Bluetooth garante que você está mesmo presente na loja; senão, o pagamento não é feito. Mas como o dinheiro passa da sua conta para a loja? O The Information não diz, mas fontes afirmam ao site que o serviço provavelmente depende de um backend operado pelo Google: ele conecta você à loja, fazendo a transferência do dinheiro – e cobrando uma pequena taxa por isso.

Como aponta o Android Police, esta não é uma ideia nova: desde 2011, a empresa de pagamentos móveis Square tinha um serviço semelhante nos EUA, chamado Square Wallet. Você usava um app para fazer check-in em estabelecimentos locais, e pagava instantaneamente apenas dizendo seu nome no caixa. Poucas lojas aderiram ao projeto, e ele foi cancelado no ano passado.

Será que o Google conseguirá ter sucesso? Eles já estariam testando o Plaso desde o final do ano passado na pizzaria Papa John’s e na rede Panera Bread.

Também circulam rumores de que o Google quer comprar a empresa de pagamentos móveis Softcard por até US$ 100 milhões, para adquirir suas patentes. Seu serviço depende bastante do NFC. A empresa foi formada pela união de três operadoras móveis nos EUA (AT&T, Verizon e T-Mobile), e já chegou a prejudicar o Google Wallet no passado. [The Information via Android Police e PocketNow]