Desde o ano passado, é difícil pensar em Windows Phone sem lembrar dos Lumias. Mas a HTC vem criticando o design da Nokia e quer muito disputar este espaço com a finlandesa – com apoio até da Microsoft. Assim começa a disputa pelo melhor Windows Phone.

A HTC já anunciou seus aparelhos com Windows Phone 8, o 8X e 8S, com design afiado e cores fortes. E eles certamente impressionaram a Microsoft, porque serão os primeiros dispositivos “Signature”, ou seja, “a cara do Windows Phone 8 na campanha de marketing com a Microsoft”, como explica a HTC. Na verdade, os aparelhos se chamarão Windows Phone 8X e Windows Phone 8S.



E como fica a Nokia? Bem, eles não gostaram muito, e começaram a mandar indiretas para a HTC. Chris Weber, chefe de marketing da Nokia, disse ao The Verge que “enquanto outros decidem fazer rebranding de seus produtos, a Nokia comanda uma franquia de smartphones que é líder na indústria… exclusivamente ao redor do Windows Phone”. E no Twitter, disparou: “É preciso mais do que cores para chegar à inovação do Lumia 920”.

Em especificações, os aparelhos da Nokia e HTC são semelhantes. A diferença está no design mais fino da HTC, e nas novidades em hardware da Nokia – câmera PureView, touchscreen que funciona com luvas, e carregamento sem fios.

Isso tudo aconteceu logo após o anúncio do 8X/8S. Agora, a Wired publica reportagem onde Scott Croyle, vice-presidente de design na HTC, deixa claro suas críticas à concorrência. Ele diz:

[Os celulares atuais] ou são muito grandes, ou são desajeitados, ou são designs que vêm de uma época anterior – mesmo alguns dos produtos lançados nas últimas semanas. O Lumia, você viu isso sair do N9. Ele nem foi projetado para o Windows; ele foi projetado para outra coisa.

Ou [empresas] usam o mesmo design que no Android. Elas só enfiam a linguagem de design Metro em cima de um celular Android…

Esta parece ser uma indireta para a Samsung, que já criou Windows Phones usando o design de seus aparelhos com Android. A Samsung também prepara um aparelho com WP8, o ATIV S.

No artigo da Wired, Croyle conta como o 8X/8S foram pensados do zero, a partir de uma tile/bloco do Windows Phone 8, e evoluíram a partir daí até chegar no “Pillow Design”, um formato fino porém confortável na mão. Ele também revela que os componentes internos tiveram que ser reorganizados por causa do design: por exemplo, a bateria fica entre a tela e a placa de circuito.

Quando a Samsung anunciou seu ATIV S, a Nokia disse que era só um “aquecimento” para algo melhor – os novos Lumias. Agora, a HTC quer mostrar que é o destaque do Windows Phone 8, e até a Microsoft vai ajudar. As brigas e indiretas são algo um pouco inesperado, mas é muito interessante ver as fabricantes tão engajadas com o WP8 – sempre é uma boa notícia para nós, consumidores. [Wired e The Verge]