As coisas não andam muito bem para a HTC. No começo do ano, os resultados financeiros já começaram a desapontar. Hoje, eles anunciam que o lucro líquido despencou 57% no segundo trimestre, comparado ao ano anterior.

Para explicar o resultado fraco, a HTC aponta vendas fracas na Europa e problemas com importações nos EUA – o One X atrasou na alfândega por supostamente violar patentes da Apple. O fechamento da filial brasileira pode ser mais um sinal de que a HTC anda mal.

Ano passado, a HTC começou a ficar para trás devido à concorrência. Eles não tinham nada para se diferenciar: não lançavam um flagship desde o Evo 4G, em 2010. Além disso, a HTC tinha inúmeros modelos semelhantes de celular – tudo mais do mesmo – e estragou a interface Sense.

Este ano, eles deram uma virada: lançaram o impressionante One X, limparam a linha de produtos e deixaram a Sense bem minimalista. Mas parece que nem isso foi o bastante. HTC, você já se colocou nos eixos – agora é hora de realmente se diferenciar. Senão, este será o início de um lento declínio. [HTC via Reuters]