Um iceberg, nomeado de A-76, se desprendeu de uma plataforma de gelo na Antártica nos últimos dias, segundo a Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês). Com base em imagens de satélite do programa europeu Copernicus, eles detectaram que esse é o maior bloco de gelo existente.

Segundo os dados divulgados, o A-76 está localizado no Mar de Weddell e tem cerca de 170 km de comprimento por 25 km de largura e uma área total de 4.320 km². Ou seja, é três vezes maior do que a cidade de São Paulo e cerca de 80 vezes o tamanho de Manhattan, nos Estados Unidos. Anteriormente, o maior iceberg do mundo era o A-23A, que surgiu no mesmo local e tinha área de 3.380 km².

A ESA afirmou que o iceberg foi detectado pela primeira vez pelo oceanógrafo polar Keith Makinson, integrante do British Antarctic Survey, na semana passada, e foi confirmado pelo Instituto Nacional do Gelo dos Estados Unidos usando imagens do Copernicus Sentinel-1, que consiste de dois satélites de órbita polar.

Assine a newsletter do Gizmodo

Segundo cientistas, o desprendimento do bloco de gelo faz parte de seu ciclo natural e não foi causado pelas mudanças climáticas. Eles relembram, ainda, que grandes pedaços de gelo se quebram em intervalos regulares. Além disso, após derreter, o iceberg não levará ao aumento do nível do mar.