O Instagram anunciou hoje recursos para facilitar o uso da rede social para pessoas com deficiências visuais. As novidades vão ajudar quem usa leitores de tela: com elas, esses softwares poderão dizer o que são as fotografias postadas na rede a partir de descrições escritas pelos próprios usuários ou criadas automaticamente usando inteligência artificial.

• O Facebook é oficialmente menos popular que o Instagram e o Snapchat entre os jovens americanos

Descrições de texto para imagens, também conhecidas como “alt text”, não são novidade — o HTML tem um atributo para elas na tag de imagem. Elas servem para substituir a imagem caso haja qualquer problema na sua exibição e também são lidas por leitores de tela, softwares que transformam em áudio os elementos da tela, para que pessoas com deficiências visuais possam usar computadores e smartphones.

No Instagram, entretanto, essas descrições ainda não eram usadas. Agora, elas estarão disponíveis para que leitores de tela consigam descrever as fotos do Feed, do Explorar e do Perfil.


O processo para colocar as descrições de imagem: ao postar a imagem, vá em configurações avançadas e escolha escrever texto alternativo. Crédito: Instagram

Também será possível acrescentar essas descrições ao postar uma foto — a opção vai ficar nas “configurações avançadas”. Se o usuário não acrescentar um texto, a inteligência artificial do próprio Instagram vai usar tecnologia de reconhecimento de objetos para criar uma descrição automaticamente. Isso já acontece em outra rede social da mesma empresa — há anos, o Facebook conta com IA para acrescentar descrições automáticas em imagens.

[Instagram via The Verge]