No início do mês, a Intel liberou uma correção para o Spectre e o Meltdown, as vulnerabilidades que afetavam todos os processadores modernos da empresa. A correção, no entanto, causou um outro problema: fez alguns computadores reinicializarem automaticamente. Agora, a Intel disse que tem uma nova solução para a questão, segundo Navin Shenoy, vice-presidente do grupo de data center da Intel.

Intel afirma ter corrigido 90% dos processadores, mas variações de ataques podem surgir em breve
Esta é a queda de desempenho nos processadores Intel pós correção do Meltdown e Spectre



Até o momento, a recomendação para consertar os computadores com processador Intel vinha acompanhada de certa dúvida. Enquanto a Intel disse ter consertado pelo menos 90% das CPUs afetadas, este processo teve um custo. Havia (e ainda tem) o potencial de seu computador operar mais lentamente, além do problema de reinicialização, que Shenoy admitiu semana passada que afeta chips Broadwell, Haswell e também os novos chips Ivy Bridge, Sandy Bridge, Skylake e Kaby Lake.

Agora, Shenoy diz que a Intel “identificou a causa do problema nas plataformas Broadwell e Haswell e obteve um bom progresso em desenvolver uma solução para esse problema”. Ele disse que uma correção de teste já foi distribuída para alguns parceiros e que a Intel “fará uma versão final e a disponibilizará publicamente assim que os testes acabarem”.

Com o desenvolvimento de uma nova correção, a Intel agora oficialmente recomenda que “fabricantes, provedores de serviço da nuvem, vendedores de software e usuários interrompam a implantação das versões atuais” para correção.

Ok, mas o que isso significa para você, usuário médio de computador? Bem, se você tem uma CPU baseada em Haswell ou Broadwell no seu computador (é possível descobrir isso usando programas como o CPU-Z) e você ainda não atualizou o sistema operacional com updates do fabricante de sua máquina, continue assim sem fazer nada. Uma correção será disponibilizada em breve.

Se você tem um desses processadores mais recentes afetados pelo problema de reinicialização, então continue a considerar o custo da segurança versus o de desempenho e evite se precipitar para tentar resolver o problema. Em breve, a companhia deve lançar um atualização para corrigir a questão nessas CPUs.

[Intel]

Foto do topo por Alex Cranz/Gizmodo