Todo mundo sabe que os consoles de videogame não são exatamente baratos, mas a grana que você gasta na máquina é apenas a ponta do iceberg. O GameInformer destrinchou os custos nem sempre previstos por trás da compra de um Nintendo Wii, PlayStation 3 ou Xbox 360.

Não tem nada errado com jogar um pouco de videogame, mas às vezes você pode nem mesmo se dar conta do quanto está gastando com ele depois da compra. Pegue o PS3, por exemplo: quando você adiciona o preço de alguns acessórios necessários como um cabo HDMI, controle extra, cabo de extensão, Bluetooth e um jogo, você já gastou quase US$ 150 extras – o que, em Reais, dá bem mais do que os R$ 250 da conversão direta. Aposto que você não pensou em somar esse valor ao preço do console enquanto estava pensando em comprá-lo, acertei? Obviamente, nem todo mundo precisa de todas essas coisas, mas a maioria precisa de algumas delas, e podem nem mesmo saber disso inicialmente. Cada sistema também apunhala a sua carteira de formas diferentes. O Wii, por exemplo, não tem taxas para jogar online, mas os seus controles extras (que, por sinal, não são recarregáveis) são mais numerosos e caros que os dos concorrentes.

O artigo também leva em consideração as TVs, que eu não sei se consideraria parte das minhas despesas com games (a não ser que eu usasse a TV somente para isso); e apesar de eu achar meio nada a ver comparar o preço do PS3 com o do Wii (spoiler: o Wii é bem mais barato), o artigo realmente oferece uma visão mais realista de custos para quem está pensando em comprar algum dos consoles atuais. Se você está nessa situação, analise bem o cenário. Talvez seja melhor esperar por uma queda de preço ou colocar uma placa de vídeo nova no seu PC, o que geralmente custa algumas centenas de dólares a menos.

Visite o link ao lado para ver o artigo. E, se você tem alguma experiência relevante para compartilhar com os outros leitores, comente aí em baixo. [The Hidden Costs of Gaming]