Os gráficos hiperrealistas dos videogames atuais são bacanas, mas não dá para negar o charme da estética quadradona e pixelada dos jogos da era 16-bit. O animador John Stratman tem um bom exemplo disso em mãos. Ele fez uma versão da cena final de os Vingadores: Guerra Infinita em 16-bit e, olha, isso poderia facilmente se tornar um joguinho.

A primeira metade do vídeo produzido por Stratman mostra apenas cenário em 16-bit e na segunda parte podemos ver uma comparação lado a lado com o filme original. A fidelidade é impressionante, ainda mais levando em consideração as limitações que ele teve, como a paleta de cores mais simples.

Há 27 anos esse joguinho seria daqueles indispensáveis em qualquer console. E sabendo da vitória inevitável de Thanos com o sumiço de metade dos personagens, valeria muito a pena comprar um Game Genie (uma espécie de ferramenta para trapaça) para colocar os códigos de cheat.

[h/t Tastefully Offensive]