O Windows 8 virá cheio de novidades, mas algumas coisas são mais difíceis de mudar. As janelas do Explorer, o ícone do Regedit e as preocupações com segurança, por exemplo.

Desde o Vista a Microsoft tem feito um ótimo trabalho de blindagem do sistema e, na nova versão, outras melhorias nesse ponto surgirão — a ponto da empresa dizer que se a migração para o Windows 8 fosse apenas devido à segurança, ela seria válida. Especialistas, porém, continuam batendo na tecla de que o antivírus é essencial e, se você concorda com essa galera, pelo menos um já está certificado para o Windows 8, o Kaspersky 2013.

Outras novidades são o visual “a la” Metro, ops, Modern (mas ele ainda rodará na área de trabalho clássica), modo Safe Money para evitar a ação de sites de bancos falsos que se passam por legítimos e a promessa-padrão anual de desempenho melhor e ativação simplificada.

O anúncio do Kaspersky 2013, que compreende antivírus e solução completa de segurança (Internet Security), foi feito ontem. Nota-se uma atenção muito grande para fraudes bancárias — o Safe Money grita para o usuário, com uma borda verde na janela do navegador, que o site em questão é seguro. No resto, são mais atualizações incrementais, o mesmo de sempre. Para o bem ou para o mal. Estamos cobrindo o 2. Encontro Latino Americano de Análise de Segurança da Kaspersky Lab, e traremos mais novidades em breve.

O Gizmodo Brasil viajou para Quito, no Equador, a convite da Kaspersky.