O envio automático de fotos para a nuvem do Dropbox pode ajudar a identificar três suspeitos de roubarem um celular em São Paulo.

O publicitário Guilherme Retz teve o celular roubado na sexta-feira da semana passada, dia 21, quando caminhava para a estação Vila Madalena do metrô em São Paulo. Três homens pararam o rapaz e levaram seu Galaxy S3.



Aparentemente, os três assaltantes decidiram usar o smartphone para se divertir, e tiraram algumas selfies. O que eles não sabiam é que o smartphone de Retz enviava automaticamente todas as fotos tiradas nele para a conta do publicitário no Dropbox. Retz, então, notou as fotos que não eram dele em sua pasta virtual.

Ao reconhecer os três rapazes que levaram seu aparelho nas imagens, ele gravou todas as fotos em um CD e levou para a delegacia na qual fez boletim de ocorrência após o assalto. Agora, os policiais podem usar as imagens para ajudar na identificação dos três suspeitos. [Folha via Brazil Character Lab]