A imagem acima não mostra nenhuma parte da Terra fotografada com alguma técnica bizarra – na verdade, ela mostra uma lágrima humana.

Trata-se de um projeto da fotógrafa Rose-Lynn Fisher que, inspirada nas experiências científicas que mostram quanto de vida há em uma gota d’água, quis fazer o mesmo com uma lágrima humana.



Com uma lente Zeiss conectada a um microscópio digital QImaging MicroPublisher, ela chorou (sim, as lágrimas são dela) em pequenas placas de vidro e percebeu que as lágrimas lembravam fotos aéreas. Sim, elas pareciam uma foto da Terra vista do ar, com campos, rios e edifícios sendo formados por todas as proteínas, minerais e hormônios presentes na lágrima.

Confira abaixo todas as fotos do trabalho de Fisher: [Wired]

fisher timelessreunion fisher_tears_awesorrow fisher-tears_basal tears of change fisher-tears_elation tears of ending and beginning tears of grief fisher-tears_lasttear laughing tears fisher-tears_posshope fisher-tears_wellbeing fisher-tears_yawning