O LastPass – um dos principais gerenciadores de senha – liberou a sincronização dos dados para um número ilimitado de dispositivos. Isso significa que você não precisa mais pagar US$ 12 por ano para acessar suas senhas nos aplicativos para Android, iOS e Windows Mobile.

• Por que você deveria usar um gerenciador de senhas, apesar de tudo
• A única senha segura é aquela que você não consegue lembrar

O LastPass Premium continua existindo pelo mesmo preço e tem pequenos benefícios: não exibe propagandas, oferece 1 GB de armazenamento criptografado na nuvem e permite compartilhar as senhas num modo família, com até cinco usuários.

Assim como outras gerenciadores, o LastPass cria senhas únicas e fortes para suas contas e oferece opções para fazer o login rapidamente, preenchendo os formulários de forma automática. O serviço, no entanto, armazena todos os dados na nuvem, o que gera algumas preocupações com a segurança.

No ano passado, os servidores do LastPass foram hackeados e os invasores tiveram acesso a endereços de e-mail e lembretes de senha – as senhas em si, no entanto, não foram obtidas.

Uma forma de evitar dores de cabeça é combinar o gerenciador de senhas com a autenticação de dois fatores: com ela, você pode usar apps como o Google Authenticator ou o Autenticador da Microsoft para gerar códigos únicos que permitem acesso à sua conta – não basta apenas a senha mestra.

Você pode baixar o LastPass para o seu smartphone ou computador na página oficial.

[LastPass via The Verge]