por Guilherme Tagiaroli

Adeus, Motorola — pelo menos a marca tal como conhecemos. A Lenovo, que adquiriu a companhia americana em janeiro de 2014, decidiu que os próximos smartphones da empresa virão com o nome Moto by Lenovo.

“Nós vamos aos poucos eliminar a marca Motorola, e focaremos na marca Moto”, disse Rick Osterloh, chefe de operações da Motorola, durante conferência da CES 2016. Apesar da mudança, o icônico M da marca americana continuará aparecendo nos telefones, junto com um logotipo azul da Lenovo.

Leia mais sobre a CES 2016:
>>> Como é usar a geladeira inteligente da Samsung com tela de 21,5 polegadas
>>> [Hands-on] Relógio da Casio é duro na queda e roda Android Wear

A mudança tem relação com a unificação das marcas. Ao juntá-las, a maior fabricante de PCs do mundo parece que quer tirar vantagem do fato de a Motorola ser referência em smartphone. Já a Motorola poderia se beneficiar da grande presença da Lenovo no mercado corporativo.

Há ainda uma questão regional. No Brasil, por exemplo, onde a Motorola é bem conhecida, a empresa lançou no fim de 2015 um aparelho da linha Vibe. No mercado chinês, onde a marca Lenovo é forte, deve haver maior distribuição de smartphones da Moto by Lenovo, que estão presentes desde janeiro de 2015.

De acordo com a Cnet, a ideia é que esse novo nome (Moto by Lenovo) seja usado em aparelhos mais avançados, enquanto a linha Vibe apareça em dispositivos mais acessíveis.

Apesar do anúncio, ainda não ficou claro quando, de fato, haverá a mudança. Logo, teremos pelo menos por mais um tempo aparelhos da Motorola do jeito que a gente já conhece.

[ATUALIZAÇÃO] A Motorola do Brasil soltou um posicionamento sobre a nova estratégia de marca da Lenovo:

A Motorola Mobility continua a existir como parte do grupo Lenovo, liderando as áreas de engenharia e design de todos os nossos produtos móveis. Como estratégia de marketing, a empresa segue globalmente com duas marcas em smartphones e wearables: Moto e Vibe. O nome Motorola não tem sido usado em seus produtos desde o lançamento da primeira geração do Moto X, em 2013.

Confira os principais lançamentos da CES 2016:

[Cnet]

Imagem do topo: Divulgação/Motorola.

Atualizado às 11h19