A LG apresentou nesta terça-feira (14) a nova linha de smartphones intermediários que chegam durante este mês às lojas brasileiras. São quatro dispositivos que pegam um pouco do que a linha G oferece, mas com um preço bem mais acessível.

Os novos dispositivos substituem a boa linha L de smartphones mid-range da LG e pegam emprestado uma parte do design do G3 e de outros aparelhos premium da coreana.

LG Prime Plus



LG Prime Plus

O mais potente dos aparelhos é o LG Prime Plus. Assim como seus três irmãos menores, ele virá em diferentes configurações com algumas pequenas mudanças em suas funcionalidades. Um dos modelos rodará com um processador Mediatek quad-core de 1.3 GHz e terá suporte a HDTV. O outro, com processador Mediatek dual-core de 1,5 GHz, não tem TV, mas ganha conectividade 4G.

Com tela de 5 polegadas 720p, ele também tem 1GB de RAM, 8GB de armazenamento interno (expansível via cartão micro SD) e bateria removível de 2,540 mAh. As câmeras têm 8 megapixels (traseira) e 5 megapixels (frontal). Em relação ao design, é bem parecido com o LG G3, e tem inclusive os botões para ligar/desligar a tela e aumentar/diminuir volume em sua parte traseira.

LG Prime Plus

Ele já sai de fábrica rodando o Android 5.0 Lollipop com as modificações conhecidas da LG — como, por exemplo, o recurso Quick Selfie que ativa uma contagem regressiva de cinco segundos na câmera quando ela detecta o movimento da sua mão fechando. A ideia é tirar selfies sem precisar apertar nenhum botão — e ainda com um pequeno tempinho para se acertar e sair o mais bonito e arrumado possível na foto.

LG Volt

LG Volt

Um pouco abaixo do Prime Plus aparece o Volt, no quesito potência. Aqui, novamente a LG oferece duas opções de chipset: ele pode tanto rodar um Qualcomm Snapdragon 400 quad-core de 1,2GHz em sua versão 4G, quanto um Mediatek quad-core de 1,3GHz em sua versão 3G.

Com design quase idêntico ao Prime Plus, o Volt tem uma tela um pouco menor — 4,7 polegadas — mas com a mesma resolução. A LG destaca o aproveitamento da parte frontal do dispositivo — a tela ocupa praticamente o espaço inteiro, o que faz com que ele seja compacto o suficiente para caber na mão e ser usado sem dificuldades. Particularmente, considero 4,7 polegadas como o tamanho ideal de tela — neste ponto, o Volt acertou em cheio.

LG Volt

Ele tem ainda 8GB de armazenamento interno (expansível via micro SD), 1GB de RAM, câmera traseira de 8 MP e frontal de 1,3 MP. A bateria removível tem 2,040 mAh, e, assim como o Prime Plus, ele sai de fábrica com o 5.0 Lollipop e os truques de software da LG.

LG Leon

LG Leon

A terceira opção da LG é o Leon. Ele segue o design dos dois irmãos maiores e também tem tanto o Lollipop quanto os truques de software da LG, mas é diferente em outros aspectos.

LG Leon

Para começar, a tela dele tem 4,5 polegadas e resolução FWVGA (854×480 pixels). As opções de processador são um Qualcomm Snapdragon 400 quad-core de 1,2 GHz (4G) ou Mediatek quad-core 1,3 GHz (3G). Ele tem 1GB de RAM, 8GB de armazenamento interno (expansível via micro SD) e bateria removível de 1.850 mAh. A câmera traseira tem 5MP, enquanto a frontal é VGA.

LG Joy

LG Joy

O mais barato de todos é o Joy, que é também o mais diferente de todos. Ele não roda o Android 5.0 Lollipop — sai de fábrica com o 4.4 KitKat. Com tela de 4 polegadas WVGA (800×480), ele tem botões capacitivos abaixo da tela. Nada de botão traseiro aqui: assim como smartphones Android de outras fabricantes, o Joy vem com botões nas laterais.

Por dentro, roda um processador dual-core Qualcomm Snapdragon 200, tem 512MB de RAM e 4GB de memória interna (e, como os outros, também aceita cartão micro SD).

A câmera traseira tem 5MP, enquanto a frontal é VGA e ele só será vendido em versão 3G – nada de 4G por aqui.

Disponibilidade e preços

A linha L oferecia uma experiência boa a um preço baixo, e ao que tudo indica os novos intermediários da LG seguem pelo mesmo caminho. Testamos os aparelhos por poucos minutos e infelizmente isso não é o suficiente para tirar dúvidas que podem surgir — como, por exemplo, se o desempenho do chipset Mediatek está a altura do que conhecemos dos Snapdragon.

De acordo com a LG, os quatro dispositivos chegam às lojas ainda em abril, mas o preço de cada versão específica ainda não foi definido. O que sabemos é que o Prime Plus custará até R$ 999, enquanto o Volt sairá por volta de R$ 929, o Leon por R$ 679 e o Joy por R$ 529 — mas esse preço pode variar dependendo do que o aparelho oferecer (versões apenas 3G devem ser mais baratas do que as 4G, por exemplo).