O Universo é um lugar incrível. A escala dele para o nosso pequeno e pálido pontinho azul é tão grande que nossos cérebros nem conseguem processar direito. Talvez por isso a artista italiana St. Tesla transforme galáxias e nebulosas em pequenas jóias preciosas.

universo tilt shift 01

“Macrocosmo e microcosmo formam um antigo esquema grego neoplatônico de ver os mesmos padrões reproduzidos em todos os níveis do cosmos, da maior escala (macrocosmo ou o nível do Universo) até a menor (microcosmo ou sub-sub-atômico, ou mesmo o nível metafísico). Neste sistema, o ponto médio é o homem, que resume o cosmos.”

Eu estava fazendo algumas pesquisas e descobri experimentos com miniaturas de espaço e tilt shift, então decidi tentar a minha própria.

O resultado tem sido nebulosas, galáxias e supernovas transformados em micro-organismos.

St. Tesla é uma artista interdisciplinar e diretora italiana. Seus interesses atualmente estão focados em mesclar ciência (principalmente biologia e neurociência), arte e sistemas de pensamento em narrativas distópicas e na estética da internet, na tentativa de penetrar diferentes ecossistemas existentes.

Você pode seguir seu trabalho no BehanceTwitterFlickr, e Vimeo.