Um erro comum que já custou o emprego de muita gente pelo mundo: achar que ninguém vê o que você comenta no Twitter, Orkut e Facebook. Veja o caso de Alex Glikas, diretor comercial da Locaweb, provavelmente a maior empresa de hospedagem de sites do Brasil. Ele se entusiasmou ao ver o Corinthians, seu time do coração, fazendo gols no São Paulo, time que leva a marca da Locaweb na manga. No Twitter, comentou o conflito de interesses com classe, tipo: "Chupa, bambi, relaxa aí que ainda tem GOL do gorducho!!!!! So da Locaweb na manga do Rogério!!!!!!!!!!!!"

Algumas pessoas notaram e ele viu a cagada fenomenal depois de algum tempo, e deletou os tweets, deixando apenas um "Minhas sinceras desculpas à torcida e ao time do SPFC. No calor do clássico, o torcedor tomou conta do profissional. Não acontecerá de novo". 

A Locaweb teve que emitir uma nota oficial:

 

Futebol foi, é e sempre será um território movido pela paixão. E sujeito, muitas vezes, a manifestações impensadas. Hoje, infelizmente, um funcionário da Locaweb , no calor de sua paixão, se manifestou de maneira equivocada sobre o resultado do jogo entre São Paulo e Corinthians , dando a muitas pessoas a impressão de que a sua opinião pessoal era a opinião institucional da empresa. A Locaweb vem a público esclarecer que a opinião de seu funcionário não corresponde à da empresa e se desculpa por eventuais mal entendidos ou constrangimentos causados por esse funcionário.

Fechar uma parceria com o São Paulo e expor nossa marca na camisa de um dos times de maior prestígio do País para nós é motivo de orgulho. Assim como já fizemos com outras equipes, a Locaweb tem ciência da força do futebol e respeita muito todas as torcidas.

A Locaweb hoje é a maior empresa de serviços de internet da America Latina e conta com centenas de funcionários, entre eles são paulinos, corinthianos, palmeirenses, santistas, flamenguistas, gremistas, colorados e muito outros torcedores de times nacionais e internacionais. Mas essa diversidade que está no âmbito pessoal de cada funcionário, e nunca, de modo algum, na posição institucional da empresa, foge às vezes de nosso controle, como no episódio de hoje. Esperamos que todos que se sentiram ofendidos pelo nosso funcionário, nos desculpem, e garantimos que medidas cabíveis serão tomadas em relação a isso.

Os torcedores do São Paulo mandaram mais de 2 mil tweets em referência ao deslize, pediram a saída do patrocinador, criaram toda aquela saia justa porque, afinal, gritar gol no Twitter reverbera muito mais do que abrir a janela e gritar "CHUPA, _____". Isso irrita bastante também, viu pessoa do 4° andar do prédio da frente? [Lance!, IDG]