Koushik Dutta, membro da equipe por trás do CyanogenMod e criador do ClockworkMod, anunciou que vai criar uma loja para apps que precisam de root, e que também vai abrigar os apps banidos pelo Google e operadoras. Isto inclui emuladores, apps para tethering, apps para fazer root rápido e mais.

Como explica o TechCrunch, publicar apps no Android é um processo mais aberto que em outros lugares, mas ainda assim há regras: “certos apps não são permitidos, especialmente se violarem direitos autorais ou a necessidade da operadora em gerar receita com serviços de valor agregado, como tethering”. O próprio Koushik teve problemas com seu app Tether, disponível no Android Market mas não para todas as operadoras – a Sprint exibe o app; a AT&T, não.

Parece que a ideia é, inicialmente, integrar a CyanogenMod App Store à própria ROM CyanogenMod, e parte das vendas financiariam o desenvolvimento da ROM. Mas como explica Koushik, “não há motivo pelo qual ela seria uma app store só para CM, qualquer ROM poderia incluí-la”. Com certeza é mais fácil do que caçar apps pela internet, uma iniciativa semelhante à Cydia para iOS.

Koushik já está trabalhando no projeto, e mostrou no Google+ uma imagem (acima) do módulo para adicionar apps à loja. A nova app store não tem data para ser lançada. [Koushik Dutta via TechCrunch]