A Lumix GH2, da Panasonic, é uma câmera com tecnologia Micro Four Thirds que faz de tudo: grava filmes em full HD com reais 1080p, tem um novo sensor de 16MP e tela sensível ao toque, além de ter uma arma secreta: compatibilidade com lentes intercambiáveis 3D.

A Panasonic está bem orgulhosa com a GH2, que ela afirma ser a “a melhor câmera de nível profissional com Digital Single Lens Micro até então”. O que significa fotos e vídeos com qualidade altíssima, começando com o novo sensor LIVE MOS de 16MP e o novo processador de imagem Venus Engine, permitindo que você tire fotos de 14MP enquanto grava vídeos, além de poder fotografar com resolução máxima a 5 fps.

O vídeo, que permite autofoco por toque e taxa de frames variáveis – 80 através de 300% – é muito impressionante também. Há um modo de vídeo de 1080/60i, que pode gravar até 1080/24p a 24Mbps. Por trás disso tudo há uma tela de LCD de 3 polegadas com 460.000 pontos, que permite autofoco por toque, seleção de menu, e todo o resto.

O pessoal do DigitalCameraInfo já pegou a belezinha na mão e, apesar de não ter gostado muito da falta de capacidade em filmar vídeos de 1080p com 60 fps (leia-se vídeo em 3D), eles não tiveram medo de dizer que ela é a nova melhor câmera de sua classe.

A Panasonic também anunciou três novas lentes: a Lumix G de 14 mm / F2.5, de U$400, que eles afirmam ser a lente focal única intercambiável mais leve do mundo; a Lumix G Vario para telefoto com 100-300mm / F4.0-5.6 / Mega O.I.S. De U$600; e, preste atenção, uma LUMIX G 12.5mm / F12, de U$250, a primeira lente 3D intercambiável.

A lente em si tem dois sistemas ópticos, armazenando duas fotos simultaneamente e combinando-as com um processador de imagem 3D. A Panasonic diz que as fotos 3D ficarão particularmente impressionantes em uma TV 3D Viera.

A Lumix GH2 estará disponível em dezembro na versão preta e prata: U$899,95 pelo corpo; U$999,95 para o kit com uma lente 14-42mm; e U$1499,95 pelo pacote com lente 14-140mm. [Panasonic]