Segundo o designer Duck Young Kong – provavelmente o melhor nome de todos os tempos da história dos melhores nomes de todos os tempos –, seu Lunar Baby Thermometer é ótimo porque “elimina a necessidade de inserir um instrumento externo e mantê-lo em uma posição fixa”, já que ele usa o “comportamento comum e natural de pôr a mão na testa para medir o calor interno” do corpo. É uma boa idéia. Até alguém lhe dizer que a testa pode não ser o melhor lugar para medir temperaturas.

Para um bebê com menos de três meses de idade, a axila é o melhor lugar; para uma criança com mais de quatro ou cinco anos, a boca é mais recomendável. Os azarados bebês com idade entre três meses e quatro anos estão, temo, presos ao termômetro no traseiro. Tecnicidades à parte, esse design, se não é preciso, é ao menos bonito e à prova de bobos: ao terminar de medir, o termômetro pisca um LED e solta um beep. [Yanko Design]