O autoproclamado pesquisador da Terra Plana e entusiasta de foguetes a vapor caseiros “Mad” Mike Hughes finalmente conseguiu provar que seus haters estavam errados quanto à sua capacidade de se disparar aos céus, chegando a 541 metros de altura sem ser esmagado ou queimado até a morte. É isso o que noticia a Associated Press, neste domingo (25).

• O doidão que quer provar que a Terra é plana promete se lançar em um foguete vertical
• O doidão terraplanista falhou mais uma vez na tentativa de se lançar no céu a 804 km/h



Depois do fracasso de duas tentativas anteriores de lançamento de seu foguete a vapor com a inscrição “PESQUISA TERRA PLANA” na lateral — primeiro devido a burocratas governamentais intrometidos e depois por causa de problemas técnicos não especificados —, Hughes enfim conseguiu decolar no sábado (24), a partir da cidade-fantasma de Amboy, na Califórnia, no Deserto de Mojave. O vídeo de lançamento publicado por Matt Hartman, da AP, capturou o momento em que o foguete decolou, o que pareceu surpreender os espectadores.

Aqui está um vídeo de um outro ângulo feito pelo gerente Carlos Aceves, da cidade de Amboy, assim como filmagens de Hughes sendo tirado do foguete por paramédicos:

#MadMikeHughes finally did it. Amboy 2018 Launch #rocketman #flatearth #researchflatearth #amboy #juanpollo filmed by manny

Uma publicação compartilhada por Amboy California Route 66 (@carlosgarciaaceves) em

#MadMikeHughes finally did it. Amboy 2018 Launch #rocketman #flatearth #researchflatearth #amboy #juanpollo filmed by manny

Uma publicação compartilhada por Amboy California Route 66 (@carlosgarciaaceves) em

Depois que o Bureau of Land Management (“Departamento de Administração de Terras”, em tradução livre) vetou sua primeira tentativa de uma rota de voo que o levaria a terras públicas, Hughes modificou seu foguete para usar uma plataforma de lançamento vertical improvisada. De acordo com a AP, Waldo Stakes disse que eles só conseguiram levar o foguete a 340 psi em vez dos 350 psi planejados, mas prosseguiram com o lançamento porque Hughes queria evitar mais uma tentativa fracassada, além de dissipar rumores de que ele não estava a bordo de um foguete anterior, que conseguiu lançar em 2014.

Hughes contou à AP que, exceto pelas costas doloridas, ele estava bem e se sentia “aliviado” de que o lançamento do foguete tinha acabado.

“Estou cansado das pessoas dizendo que eu amarelei e não construí o foguete”, acrescentou. “Estou cansado dessas coisas. Eu criei coragem e fiz… Essa coisa quer te matar de dez maneiras diferentes. Essa coisa te mata num piscar de olhos.”

“Estou feliz que consegui? É, acho que sim. Vou saber amanhã de manhã. Não vou conseguir sair da cama. Pelo menos posso ir para casa, jantar e ver meus gatos hoje à noite”, concluiu Hughes.

Independentemente de quais tenham sido os cálculos feitos por Hughes, que não “acredita em ciência“, isso não vale nota. Mas Stakes estimou a velocidade em 563 quilômetros por hora, o que é definitivamente rápido o bastante para ele poder se gabar.

AP apontou que os planos futuros do triunfante entusiasta de foguetes incluem construir um “Rockoon”, que soa como um foguete lançado por ar que envolve um balão em vez de uma aeronave e que, conforme pretende Hughes, deve levá-lo alto o bastante no céu para testar sua teoria da Terra Plana (109 quilômetros, muito acima da atmosfera respirável e do Limite de Armstrong, em que todos os fluidos corporais evaporariam em um ambiente despressurizado). Ah, ele também vai se candidatar a governador, porque tá, tanto faz.

[Associated Press/Route 66 News]