Saiu no Gizmodo US: "Enigma Battleship é provavelmente o melhor drinking game do mundo". A gente iria traduzir, mas, pô, foi feito por um brasileiro, de Belo Horizonte! Corremos atrás do cara, que explicou um pouco melhor sobre o seu interessante projeto.

Cada jogador inicia o jogo com 5 barcos totalizando 8 copinhos (50 ml). As regras são as mesmas do jogo de batalha naval clássico, com a adição de uma regra simples:
– Quem levar tiro bebe o shot que está naquele quadrado, e quem errar o tiro bebe um gole de água (pra ajudar a manter a cabeça no lugar).

Para que o jogo fosse concebível (para bêbados), tive que fazer algumas adaptações simples ao jogo clássico, como:
– Aumentei a probabilidade de acertos aos alvos, afinal de contas bêbados não costumam ter muita paciência.
– Reduzi os 100 (10×10) quadrados para apenas 25 (5×5). Isso tem dois motivos, o motivo previamente mencionado, e para a maleta não ficar ENORME.

O jogo não deve ser jogado com doses de bebida destilada pura, mas sempre misturadas (30 a 50% de destilado com base em destilado com 38% de álcool). As oito doses de destilados puros causariam uma encriptação neuronal muito além da ideal. A batalha não precisa ser letal, não é mesmo?!

No radar os jogadores vão marcando com canetas tipo dry erase (quadro branco) os tiros que já deram.

O gênio responsável por tal genialidade é o genial Maurício "Tony" Harion, e ele alega que o design do brinquedo de bêbado foi inspirado na Máquina Enigma, utilizada pelos alemães na Segunda Guerra para enviar mensagens encriptadas. Mas a gente não se importa com isso, a gente só quer encher a caveira.

Infelizmente, a Batalha Naval Enigma ainda é apenas um protótipo e não existe para venda em forma alguma. Mas nos juntamos ao coro do nosso pai, Gizmodo US: vamo lá, Hasbro, fica esperta e licencie esta belezinha pra gente!