Pobre Dell Mini 3ix. Quando peguei-o na mão pela primeira vez, ele parecia ótimo: levinho, tela bacana, Android… Mas a Claro, operadora que ganhou exclusividade na comercialização, resolveu dar uma boa estragada personalizada na sua interface, criando uma cara imitação de iPhone e tirando aplicativos relacionados ao Google e até o Android Market do menu. Tudo ficaria mais ou menos ok se ele fosse baratinho. Mas, pelo mesmo preço do iPhone 3GS de 16 GB, definitivamente não é o caso.

R$ 1.057 em um plano de R$ 175 mensais (sem dados) ou R$ 899 com um plano de 250 MB. (Há um erro bizarro aí de preço à vista na foto). O preço dele desbloqueado dá medo. É caríssimo. Tudo bem, a interface pode ser mais fácil para pessoas absolutamente leigas em smartphones. Mas esse preço aí o torna o segundo Android mais caro do mercado brasileiro (atrás apenas do HTC Magic). Pelo menos o hotsite do Dell Mini 3i na Dell é bonitão, olha só:

Quem apostava que a estratégia da Dell para entrar no concorridíssimo mercado de smartphones seria lançar um celular barato altamente subsidiado errou feio. Ruim pra gente e, acredito, pra Dell e a Claro também.