A Shams Power Company inaugurou esta semana, em Abu Dhabi, sua estação de energia solar concentrada Shams 1. A estação gera 100 MW e pode fornecer energia a 20.000 casas no país, reduzindo as emissões de CO2 em 175 mil toneladas por ano.

O projeto levou cerca de dois anos e US$ 600 milhões para virar realidade.

A Shams 1 tem 258.048 espelhos parabólicos para coletar a luz solar, que atinge um fluido para transferência de calor.

Este fluido, por sua vez, se desloca através de tubos até um permutador de energia térmica. Este processo cria vapor, que move turbinas para gerar eletricidade.

A Shams 1 fica nos Emirados Árabes Unidos, país conhecido principalmente por suas reservas de petróleo – uma das dez maiores do mundo – além de gás natural. Mas isso não significa que eles devam usar só petróleo, certo? Se você tem muito espaço, ainda mais em um deserto, é melhor apostar grande em energia solar.

Para não ficar atrás, duas empresas da Califórnia (EUA) ontem propuseram torres solares que vão gerar 500 MW de energia e fornecê-los para cerca de 200.000 casas americanas. Mas a Shams 1 projeto ainda vai deter o título de maior usina solar por algum tempo. [TreeHugger]

biggest-solar2 biggest-solar3