Neil Weiner não gostava do seu chefe, Eddie Thompson. Ele também queria o emprego do Eddie. O que ele fez? Ao que tudo leva a crer, ele mandou à polícia de Londres um CD com 177 fotos de pornografia infantil, afirmando que elas vinham do computador de Thompson.

A polícia londrina investigou e achou mais 235 fotos de pedofilia no computador de Thompson, que acabou sendo preso em 2006. Sua vida foi arruinada. Ele alegou na época que as imagens não eram suas e que teriam sido plantadas por um colega vingativo, porque ele admitiu ser um sujeito "ranzinza e de cabeça-quente."

Um mês antes de o CD com pornografia infantil ser enviado para a polícia, Weiner aparentemente disse a algumas pessoas em um churrasco que a maneira com que ele tomaria o lugar do seu chefe seria colocando fotos de pornografia infantil em seu computador. E quase um ano depois de thompson ter sido preso, a polícia rastreou a ligação anônima que levou ao acervo pornográfico do chefe. Ela chegou a Weiner, e o prendeu. Agora ele foi condenado por perverter o curso da justiça e possuir imagens indecentes de crianças.

Isso é bem horrível. [APAP via Ars]