Em novembro, a Microsoft irritou usuários do OneDrive ao anunciar que o espaço gratuito seria reduzido para 5 GB. A empresa não voltou atrás totalmente, mas permite que você mantenha seus 15 GB – é bem simples.

Basta ir em preview.onedrive.com/bonus e clicar no botão “Keep your free storage”. Ao fazer isso, sua conta não será afetada quando o armazenamento gratuito for reduzido de 15 GB para 5 GB; além disso, você manterá o bônus de 15 GB para fotos.

onedrive - manter espaco gratuito

Você verá uma mensagem de confirmação, e seu espaço gratuito estará a salvo. Esta oferta estará disponível até 31 de janeiro de 2016.

onedrive - manter espaco gratuito 2

Além disso, se você usa o plano gratuito e tem mais de 5 GB no OneDrive, a Microsoft vai oferecer um ano gratuito de Office 365 Personal – você receberá um e-mail com as instruções no início do ano que vem.

O plano inclui a suíte completa do Office para um PC ou Mac, mais um tablet e um celular; 60 minutos de ligações para telefones via Skype (incluindo fixos no Brasil); e 1 TB de armazenamento.

A Microsoft tomou esta iniciativa para acalmar o ânimo dos usuários, que deixaram 1.700 comentários irritados no post de novembro que explica as mudanças.

Além de reduzir o espaço gratuito, a empresa parou de vender planos de 100 GB e 200 GB – substituídos por um plano caro de 50 GB – e acabou com o armazenamento ilimitado para usuários do Office 365 Personal, Home e University.

onedrive e espaco gratuito

A sugestão “Devolva-nos nosso armazenamento” na plataforma UserVoice acumulou 72.000 votos e mais de 4.000 comentários.

Lá, um funcionário da Microsoft explica que a empresa não voltou atrás. A menos que você siga as instruções acima, o espaço gratuito será reduzido para 5 GB, e o bônus da câmera – para quem faz upload automático no Android, Windows Phone e iOS – será extinto.

Além disso, o espaço ilimitado do Office 365 será reduzido para 1 TB. Usuários que estouraram esse limite poderão manter os arquivos por até doze meses (sem enviar novos dados); e quem estiver insatisfeito pode obter um reembolso proporcional. A Microsoft diz que alguns usuários “abusaram” do espaço ilimitado fazendo backups de até 75 TB.

Como explica o Ars Technica, a Microsoft não quer que o OneDrive seja usado como um repositório de arquivos, e sim como uma forma de unificar seus serviços:

No cerne disto, está um conflito entre o modo como as pessoas usavam o armazenamento do OneDrive, e os objetivos da Microsoft para o serviço. A empresa de Redmond não quer estar no mesmo negócio que, digamos, o Dropbox. Eles querem que o OneDrive seja a cola que une outros serviços com valor agregado – coisas como o Office 365, Groove Music e, mais amplamente, o Windows 10 – não apenas um depósito para todos os seus arquivos. O espaço oferecido junto ao Office 365, por exemplo, deve ser visto como “um local para armazenar todos os seus documentos“, não “um local para armazenar todos os seus arquivos”.

Você continuará usando o OneDrive? [Microsoft via Ars Technica]