Mark Zuckerberg revelou na noite de domingo (3) a sua resolução para o ano de 2016: construir uma sistema simples de inteligência artificial para ajudá-lo a cuidar de sua própria casa.

Aqui o que ele disse sobre a ideia em um post no Facebook:

Todo ano, eu assumo um desafio pessoal para aprender coisas novas e para crescer em áreas fora de minha atividade profissional no Facebook. Meus desafios nos últimos anos foram ler dois livros por mês, aprender mandarim e encontrar uma pessoa nova por dia.

Meu desafio pessoal para 2016 é desenvolver uma inteligência artificial simples para controlar minha casa e me ajudar com meu trabalho. Quero fazer algo parecido com a Jarvis, do filme Iron Man.

Vou começar a explorar as tecnologias relacionadas a isso que já estão disponíveis. Então, farei o sistema entender minha voz para controlar tudo em minha casa — música, luzes, temperatura, etc. Ensinarei esse sistema a reconhecer o rosto de meus amigos apenas ao analisar seus rostos quando tocam a campainha. Também quero que me ajude a saber se tudo está certo com a Max, mesmo se eu não estiver em casa. Na parte do trabalho, a ideia é que o sistema me ajude a visualizar dados com realidade virtual para que eu possa contribuir na criação de melhores serviços e que eu possa guiar minhas empresas de forma mais eficiente.

Todo desafio tem um tema, e o deste ano é invenção.

No Facebook, eu gasto muito tempo trabalhando com engenheiros parar criar coisas novas. Algumas das partes mais recompensadoras envolve ir fundo em detalhes de projetos técnicos. Fiz isso com o internet.org, enquanto nós discutíamos os conceitos físicos de construir aviões alimentados por luz solar e satélites para melhorar a conexão de áreas longínquas. Fizemos isso com a Oculus, quando estudamos em detalhes os controladores ou os softwares que estamos desenvolvendo. Também faço isso com a equipe do Messenger quando discutimos a criação de uma AI para responder qualquer questão. Mas há uma forma diferente de recompensa em criar coisas para si próprio, então este é o meu desafio pessoal para este ano.

Criar códigos para si próprio parece ser um desafio intelectual divertido. Estou ansioso para compartilhar o que aprender durante este ano.

Mark, apenas lembre-se das três leis da Robótica:

1. Um robô não pode machucar um ser humano ou, por inação, permitir que um humano seja machucado.

2. Um robô deve obedecer as ordens dadas por um humano, exceto quando as ordens entrem em conflito com a Primeira Lei.

3. Um robô deve proteger sua própria existência, quando esta não conflitar com a Primeira ou a Segunda Lei.

[Facebook]