A imagem acima é o ACT-CL J0102-4915. Para os astrônomos mais íntimos, no entanto, ele é mais conhecido como El Gordo, porque é o maior aglomerado de galáxias do universo observável.

Uma pesquisa recente mostra que El Gordo tem o triplo de massa que o Aglomerado de Virgem, do qual a Via Láctea faz parte. São 3 mil trilhões (3 x 10^15) de massas solares, unidade de medida usada por astrônomos.



Quanto maior a massa, maior a quantidade de corpos celestes na galáxia, como estrelas, planetas e nebulosas – e maior é o aglomerado. Pesquisadores calcularam a massa de El Gordo medindo o quanto sua gravidade distorce as imagens de galáxias no plano de fundo.

Descoberto em 2011, El Gordo fica a 9,7 bilhões de anos-luz da Terra; ainda não se sabe quantas galáxias há dentro dele. Esta imagem do aglomerado, utilizada na análise da massa, foi capturada pelo telescópio Hubble. Você pode baixá-la em resoluções mais altas aqui: [NASA]

Imagem por NASA/ESA