Este ano, a Intel prometeu que, com seus processadores, seria possível criar tablets com Android e Windows e alternar entre os sistemas pressionando um botão. Mas este sonho não deve se realizar: de acordo com o Wall Street Journal, nem o Google nem a Microsoft querem hardware com OS da concorrente.

Segundo o jornal, a Asus cancelou o Transformer Book Duet, um híbrido de laptop com tablet capaz de alternar entre Windows e Android. Isso teria acontecido devido à forte oposição da Microsoft e do Google.

Já se sabia em janeiro que a Microsoft estava desconfortável com a ideia de hardware rodando Windows e Android, mas agora fontes dizem ao WSJ que “o Google quer dispositivos só com Android”.

Um memorando vazado da Asus, visto pelo jornal, explica que o Duet não será mais lançado. Com tela removível de 13″, o dispositivo teria processador Intel Core i7 de quarta geração para rodar Windows 8.1 e Android 4.2.2, e alternar entre eles pressionando um botão. Ele custaria US$ 600.

Além disso, o Asus Transformer AIO – basicamente um tablet de 18,5″ que roda Windows 8 e Android – será retirado das lojas e não estará mais à venda. O memorando explica que um dos principais motivos é uma “nova política” da Microsoft de não apoiar produtos com dois sistemas operacionais.

Este não é o primeiro dispositivo com dois sistemas que nunca chegou ao mercado. A Samsung anunciou, no ano passado, o híbrido Ativ Q: bastava pressionar um botão para alternar entre Windows 8 e Android 4.2.2. Seu lançamento foi cancelado supostamente por questões de patentes.

Resta ver se – ou como – tudo isso vai impactar os smartphones: a indiana Karbonn e a chinesa Huawei planejam lançar, ainda este ano, celulares que rodam Windows Phone e Android. [WSJ]