A primeira leva do HoloLens, headset de realidade mista da Microsoft, entrou em pré-venda para alguns desenvolvedores em março. Agora, qualquer desenvolvedor e empresa pode adquirir o dispositivo, desde que pague US$ 3.000 pela Development Edition.

Como você vai interagir com o futuro através do Microsoft HoloLens

Como sempre, vale lembrar que esta versão do HoloLens não é destinada aos consumidores, e sim para testes e desenvolvimento, por isso é tão cara. A Development Edition pode ser adquirida nos EUA e no Canadá.

Há também a Commercial Suite com alguns recursos extras: modo demonstração limitado a apenas certos apps, suporte a VPN, criptografia por BitLocker, gerenciamento remoto pela equipe de TI, entre outros. A Microsoft não diz quanto custará essa versão.

Alex Kipman, o brasileiro por trás do Kinect e do HoloLens, também avisa em blog oficial que o headset está recebendo uma atualização de aniversário, incluindo correções de bugs e suporte a gamepad. O Windows Holographic será aberto para fabricantes criarem dispositivos de realidade mista.

O HoloLens projeta imagens sobre o mundo real, e já vimos essa tecnologia ser usada para mudar a experiência de comprar um carro, assistir esportes de uma nova forma, e até colocar hologramas em uma sala. Vejamos o que as empresas farão com o dispositivo daqui em diante.

[Microsoft via ZDNet]