Como um fantasma que se levanta do túmulo na véspera do dia de Finados, o acessório Kinect da Microsoft voltou dos mortos — de novo. A Sky, empresa de TV por assinatura da Comcast, lançou na quinta-feira (7) um acessório para ser conectado com suas novas TVs Glass. O curioso é que ele se parece muito com a câmera espacial que a Microsoft vem tentando empurrar aos usuários do Xbox há anos.

Durante um evento de lançamento em Londres em que anunciou seu novo aparelho de TV com banda larga, o “Sky Glass”, a Sky revelou uma parceria com a Microsoft para desenvolver um acessório de câmera 4K que incluiria controles de movimento, suporte a gestos e recursos de compartilhamento social. Para quem se lembra do Kinect — a grande aposta do entretenimento da Microsoft para assumir o controle da sua sala de estar, com um dispositivo em que você pudesse jogar, controlar sua TV e executar aplicativos perfeitamente –, a nova aposta da empresa se parece muito com ele.

Assine a newsletter do Gizmodo

“Juntamente com a Microsoft, estamos desenvolvendo um recurso fantástico, que nos permite assistir a TV juntos, mesmo que estejamos a quilômetros de distância”, disse Fraser Stirling, diretor de produtos da Sky, no evento. “Ele sincroniza sua TV com outras residências, com vídeo e bate-papo integrados na tela, e você pode escolher o conteúdo dos maiores canais — incluindo jogos da Premier League, filmes e todo o seu entretenimento favorito.”

A experiência que a Sky e a Microsoft imaginam incluirá jogos projetados especificamente para a nova câmera, incluindo o popular Fruit Ninja e uma oferta da marca Patrulha Canina (Paw Patrol). Além de ter suporte para aplicativos sociais, como o Zoom, a nova câmera também realizará o sonho de longa data da Microsoft de permitir uma experiência de visualização simultânea, onde as pessoas possam jogar ou assistir canais de TV em sincronia com seus amigos, vendo suas reações em tempo real.

“Escolha seu adversário, seja na sua ou em outra casa, e jogue com o movimento do corpo ou controle de gestos”, disse Stirling. “Os jogos para a família nunca mais serão os mesmos.”

Depois de lançar o Kinect — inicialmente como um acessório do Xbox 360, em 2010 –, como uma forma de incorporar sensores espaciais e de gestos aos jogos, a Microsoft mais tarde tentou agrupá-lo com o Xbox One. Só que os resultados péssimos. Mas, claramente, para a Microsoft, o sonho de criar uma plataforma para jogos em grupo com detecção de profundidade nunca morreu. Hoje, a Sky dá a esse sonho uma segunda (terceira?) chance. Que o Kinect se saia melhor nesta vida do que no passada. Se não, nos vemos na próxima encarnação.