Coletar dados é um dos melhores negócios da internet. Não é à toa que empresas de tecnologia têm registros dos lugares que visitou, seus comportamentos no smartphone e seu histórico da web. Nesta semana, o Google lançou duas ferramentas que indicam uma estratégia mais transparente no armazenamento dessas informações.

>>> Impeça o Facebook de rastrear tudo o que você faz pela internet

A ferramenta Minha Atividade está mais organizada, exibindo em cards os dados que foram coletados enquanto você estava logado em sua conta do Google. Isso inclui as tarefas realizadas no computador e suas atividades no Android, como apps abertos.

google-minha-atividade

No meu caso, o Google sabia inclusive os horários que usei o Spotify e Snapchat no celular, que nem são serviços da empresa.

É possível filtrar as informações, seja por data, palavras-chave ou categorias, entre elas: anúncios clicados, atividades no Android, histórico do Mapas e registros de voz. São 16 categorias no total.

A maior novidade, no entanto, é a possibilidade de deletar os registros. Você pode apagar um item específico, uma determinada data ou categoria.

Outra página atualizada foi a de controle de anúncios, que permite ativar ou desativar o uso desses dados na exibição de publicidade. Se o usuário a desativar, informações continuarão a ser coletadas mas não serão utilizadas na exibição de propagandas.

anuncios-interesses

De acordo com o Guardian, o Google irá tornar essa opção desativada por padrão, indo na contramão das políticas tradicionais. Em breve, os usuários devem receber uma notificação sobre essas mudanças.

Atualizado às 11:15.

[The Guardian]