Os preparativos para a próxima missão da NASA a Marte estão avançando em alta velocidade. E a tecnologia que a agência espacial está construindo para esta sonda marciana — programada para ser lançada em 2016 — é o suficiente para deixar os fãs de ficção científica bem animados.

A missão InSight (Exploração Interior utilizando Investigações Sísmicas, Geodésicas e de Transporte de Calor) será a primeira dedicada a estudar a estrutura interior do planeta vermelho. Explorar a subsuperfície profunda de Marte deve esclarecer como o planeta evoluiu geologicamente ao longo do tempo.

A InSight também poderá oferecer pistas sobre o futuro da Terra e da evolução dos planetas rochosos em geral. Marte, que tem cerca de metade do tamanho da Terra, perdeu todo o calor de seu núcleo há eras, o que, por sua vez, levou a atividade tectônica a um impasse. No futuro distante, algo semelhante vai acontecer no nosso pontinho azul, e o nosso irmão que está envelhecendo rapidamente pode nos mostrar o que esperar.

De acordo com a NASA, as capacidades técnicas da InSight representam um passo crítico em direção a uma missão tripulada ao planeta vermelho, que a agência espacial espera enviar na década de 2030. Vamos dar uma olhada em alguns dos componentes do equipamento de pesquisa geológica, agora em construção pela Lockheed Martin.