O OkCupid, provavelmente o único site “de namoro” que não é completamente vergonha alheia, acabou de atualizar o seu app para iPhone/Android com recursos locais que tornam a brincadeira muitíssimo mais interessante.

Considerando apps e serviços baseados em localização (como o Foursquare) e outros serviços de relacionamentos que já pisaram com sucesso nesse caminho (como o Grindr, voltado ao público homossexual masculino), até que o OkCupid demorou para tornar o seu aplicativo mais geograficamente esperto. Mas pelo menos os recursos são bacanas: além de participar de chats e compartilhamento de fotos com pessoas próximas, agora é possível, por exemplo, publicar quais são seus planos para a “night” quando você estiver disponível e deixar que o aplicativo procure pessoas do sexo oposto que possam, quem sabe, querer te acompanhar, se acharem o seu perfil interessante.

Como o OkCupid calcula de maneira bem inteligente quem são os usuários que têm maior potencial de combinar com você, o aplicativo pode filtrar esses avisos para só serem exibidos aos melhores pares. E ele também inaugura um novo filtro de pesquisa para quando você estiver procurando um perfil interessante para trocar umas mensagens: apenas usuários próximos.

Mesmo sendo um site americano e todo em inglês, há um número de usuários(as) nas principais capitais do Brasil que é suficiente para brincar, especialmente em São Paulo. Isso se deve em parte métodos modernos de seleção dos usuários mais interessantes, e por consequência os usuários do OkCupid acabam sendo em média mais jovens, inteligentes e ao menos um pouco ligados em tecnologia do que os tiozões e tiazonas que às vezes parecem compor inteiramente os usuários de outros serviços similares. Eu mesmo confesso que já conheci uma menina extremamente bacana, que talvez esteja lendo isso. Beijo, SUA LINDA! [OkCupid, TechCrunch]