Prometendo roubar a cena hoje (e, olha… não estava fácil), a Motorola Mobility realizou seu evento On Stage nos EUA para mostrar a Nova Motorola. Com a promessa de uma nova família de dispositivos Android e uma nova abordagem, a empresa apresentou novos membros da família RAZR.

O Razr HD tem uma tela de 4,7″ e… bem, resolução de alta definição. A Motorola diz que ele possui 78% mais pixels que o RAZR Maxx e 85% a mais de saturação de cores do que o iPhone 4S — sim, falaram diretamente, sem rodeios. A tela cresceu, mas o smartphone em si, se sim, foi bem pouco; mesmo pelas fotos fica claro que a (grossa) moldura dos antigos Razr ficou no passado e, agora, a tela domina sem deixar brechas a parte frontal do aparelho. A Motorola também citou Galaxy S III e One X nominalmente para falar de bateria. A do Razr HD tem 2500 mAh e a promessa de 16 horas de conversação; é coisa pra caramba e uma grande evolução perto da de 1780 mAh do Razr original.

Razr HD.

Mas se você quer passar ainda mais tempo longe da tomada, aí entra em cena o Razr MAXX HD. A bateria do Razr HD já é bem grande, mas a do MAXX é ainda maior — garante 21 horas de conversação sem parar. Não citaram o tamanho dela, mas deve ser algo muito insano.

Razr MAXX HD.

Por fim, Razr M, o mais baratinho — US$ 99, nas lojas semana que vem e já em pré-venda nos EUA. Aliás, por que isso não vale para os outros (que só chegam “antes do Natal”)? Por que isso não vale para todos os anúncios de todas as empresas? Não conseguimos entender essa letargia… Voltando ao Razr M, ele tem 8 GB de espaço interno, o mesmo processador dual-core dos outros, bateria de 2000 mAh, NFC, Kevlar, essas coisas. Tela de 4,3″ quase sem bordas nas laterias. É um senhor mid-range, ao que tudo indica.

Razr M.

Os três saem, nos EUA, com exclusividade pela Verizon. Eles vêm, ainda, com Jelly Bean Ice Cream Sandwich e a promessa de atualização para o Jelly Bean até o fim do ano, além do Chrome como navegador padrão.