Na quarta-feira, a Agência Espacial Europeia tentou aterrissar uma sonda em Marte, e as coisas correram mal. A equipe da missão ExoMars continua a analisar por que a Schiaparelli perdeu contato com a Terra, e a NASA obteve provas fotográficas do que parece ser uma aterrissagem forçada.

Conheça a missão espacial que foi a Marte para encontrar sinais de vida
Europa e Rússia adiaram próxima missão para Marte para 2020



Uma nova imagem do local de pouso da Schiaparelli, capturada pela Mars Reconnaissance Orbiter em 20 de outubro, mostra várias características da superfície que parecem relacionadas à sonda.

nasa schiaparelli
Imagens capturadas pela Mars Reconnaissance Orbiter da NASA em 29 de maio de 2016 e 20 de outubro de 2016. O antes-e-depois mostra duas características associadas à sonda Schiaparelli. (NASA/JPL-Caltech/MSSS)

De acordo com um comunicado emitido hoje pela ESA, o ponto brilhante no canto sudeste da imagem deve ser o paraquedas de Schiaparelli, enquanto a mancha distorcida mais escura ao norte seria o local de impacto, “após uma queda livre muito mais longa do que o previsto, depois de os propulsores serem desligados prematuramente”.

A ESA estima que a Schiaparelli entrou em queda livre a 2 a 4 km acima da superfície, a uma velocidade superior a 300 km/h. Dado que o impacto ocorreu quando os tanques de propulsão da sonda estavam cheios de combustível, é possível que o acidente tenha se seguido de uma explosão. Isso explicaria por que o Planeta Vermelho tem uma nova marca estranha de queimadura.

nasa schiaparelli
O local de pouso de Schiaparelli está dentro da elipse de aterrissagem prevista nestas imagens capturadas pelo Mars Reconnaissance Orbiter da NASA (NASA/JPL-Caltech/MSSS, Arizona State University)

A equipe espera ter em breve uma imagem mais completa do que deu errado, depois que forem analisados os dados da TGO (Trace Gas Orbiter), sonda robótica que acompanhou a Schiaparelli; do satélite Mars Express, da ESA; e do telescópio GMRT na Índia.

Guy Webster, porta-voz do Laboratório de Propulsão a Jato, diz ao Gizmodo que a Mars Reconnaissance Orbiter terá uma oportunidade de capturar uma imagem muito melhor da Schiaparelli na semana que vem, quando fizer outra passagem com sua câmera Hi-RISE.

[ESA e NASA]