O Netflix não gostava muito da ideia de oferecer um modo offline, mas acabou mudando de opinião depois da investida de concorrentes. Neste ano, soubemos que a companhia estava estudando essa possibilidade, e novas informações dão mais força para o rumor: ainda em 2016 será possível baixar filmes e séries para assistir quando estivermos sem conexão.

• Netflix está vencendo a guerra contra o uso de VPN para burlar restrições geográficas
• A primeira série original brasileira do Netflix já tem data de lançamento: 25 de novembro



Dai Taitz, diretor de operações da Penthera – empresa que trabalha em vídeo móvel – disse ao Light Reading que a companhia está trabalhando ativamente para o lançamento do modo offline. “Imagino que a opção de download para os clientes do serviço será disponibilizada até o fim do ano”, comentou.

O modo offline deve funcionar de uma forma bem parecida com o que temos hoje em serviços de streaming de música. Você escolhe um filme ou uma série, baixa o conteúdo e pode acessá-lo a qualquer momento.

A diferença aqui é o tamanho dos arquivos e, como o próprio diretor de produto do Netflix já explicou ao Gizmodo, “você precisará se lembrar que quer baixar tal coisa; não vai ser instantâneo, será preciso ter o espaço certo no seu dispositivo”. Inclusive, esses eram alguns dos motivos pelos quais ele não gostava da ideia de um modo offline.

Além disso, o recurso pode ser limitado devido a problemas de licenciamento. A Amazon, por exemplo, permite baixar os conteúdos mas apenas de uma pequena parcela do seu catálogo. No Netflix, o modo offline talvez ofereça só as produções originais.

Um porta-voz oficial diz que a empresa “não tem nada a acrescentar neste momento”.

[Light Reading via Streaming Observer]