A Nokia focou sua estratégia de celulares em três plataformas: S40 (Asha), Symbian e Windows Phone. E nas três plataformas, ela vem se esforçando para atingir patamares de preço mais baixos. Mas parece que ela ainda dá espaço a Androids baratos: o Nokia Asha é muito simples para concorrer, e o novo Lumia 610 tem funções limitadas. Por isso, segundo o Netbook News, eles estão preparando dois novos aparelhos que podem rodar o novo sistema da Nokia – o Meltemi.

Já falamos sobre ele antes: o Meltemi é um OS baseado em Linux e voltado para celulares de baixo custo. O CEO da Nokia, Stephen Elop, disse que o objetivo é trazer “atividade de toque completa” a celulares mais simples – e, nós acreditamos, combater Androids mais simples.

O Netbook News diz que, “de acordo com um insider da indústria, a Nokia está trabalhando em dois smartphones low-end com MeeGo”. Mas é o sistema MeeGo, ou a interface do MeeGo Harmattan? Elop já disse antes que a interface dele iria surgir nos outros celulares da Nokia, o que de fato aconteceu: novos aparelhos com Symbian e S40 já têm os ícones do N9, por exemplo.

A Nokia faria outro celular com o sistema MeeGo? Sim, se ele se transformou no Meltemi. Agora que a estratégia da empresa está bem focada – S40 para aparelhos bem simples, Windows Phone (e Symbian) para mid-end e high-end – é improvável que a Nokia lance um sucessor do N9, por exemplo. Lembre que a Nokia abandonou o projeto do MeeGo, que acabou e se transformou no Tizen. (A Nokia, no entanto, ainda envia atualizações incrementais para o MeeGo no N9.)

A Nokia já sofreu com falta de foco, mas trabalhar com quatro sistemas móveis faz sentido se você considera que: 1) o Symbian está sendo aos poucos deixado de lado e 2) ainda há um espaço entre aparelhos simples e médios que requer outro sistema para concorrer com o Android. Boa sorte nisso, Nokia. [Netbook News via The Verge]

Foto por markku_a/Flickr