As duas unidades são essencialmente a mesma coisa, com a única diferença sendo que o 855T possui o MSN Direct, que carrega os seus mapas com negócios, clima, trânsito e notícias locais e toda sorte de outras coisas para distraí-lo enquanto você dirige. O 855 o deixará 700 dólares mais pobre e o 855T chega a incríveis 800 dólares.

Além das duas unidades, a Garmin também anunciou o ecoRoute, um update de software gratuito que ajuda a salvar a Mãe Terra ao informá-lo sobre as rotas que são melhores quanto à eficiência de combustível. O mais estranho é que ele nunca sugere transporte público ou a compra de uma bicicleta.

Por último o nuMaps Lifetime permite que você pague uma taxa única para sempre ter os mapas mais recentes para o seu navegador. Você pagará 120 dólares para a América do Norte, 140 para Europa ou 150 dólares para ambos. Me parece que algo como mapas atualizados já deveriam vir com o produto, mas talvez eu seja leigo demais no assunto. De todo modo, você já pode dar à Garmin o seu dinheiro a partir de 21 de janeiro.